domingo, 20 de janeiro de 2008

Ontem não te vi….


Ontem não te vi, senti um vazio enorme, quando gostamos de alguém o nosso coração aumenta, para ficar um espaço para esse alguém, na sua ausência esse espaço permanece, é isso que tanto dói quando não te vejo.
Se fechar os olhos revejo cada traço, cada sorriso, cada olhar e cada expressão tua, mas não sinto a tua presença, juntos parece nada nos atingir, nada mais interessa, fica o bem-estar é tão difícil traduzir os sentimentos em palavras, é tão pobre o vocabulário que temos ou será demasiado grande o sentimento?
O que me atenua a dor é pensar que posso ver-te hoje.
Custa tanto um sorriso…
Porque ontem não te vi.

2 comentários:

AC disse...

Esse sentimento de ausencia faz-nos encontrar a verdadeira necessidade do(s) outro(s).
O espaço especial que criamos no nosso coração juntamente com as nossas recordações dos momentos passados com essas pessoas ajudam-nos a atenuar a dor dessa ausencia.
Mas nunca deveremos guardar esse espaço no nosso coração e nao lutar por ele. Ou entao entala-lo de forma a nao permitir ninguem mais entrar. Por vezes enchemos o coração de pequenos espaços e esquecemo-nos de deixar sempre alguns livres para que novas pessoas possam entrar e ajudar-nos a viver bons momentos.
É a luta pela felicidade

Marta Miguel disse...

A amizade é assim:

É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive
Beijokinha amigo JoÃo